A Evolução dos Sistemas Anti-Incrustante

 

As operações de remoção de tinta podem ser feitas por raspagem, descascamento ou maçarico, assim como remoção por lixa (fina ou grossa), máquina orbital, jateamento por disco ou jateamento como mostrado tabela abaixo. Não use fogo em materiais plásticos e verniz (materiais inflamáveis). Mude o tipo de lixa de acordo com a espessura dos substratos a serem removidos ou encrespados. A máquina de jateamento é ideal para aço, enquanto que em alumínio (mais macio), a lixa é mais indicada ou o jateamento a disco e lixamento de baixa pressão por areia fina. A escova é a pior das ferramentas, porém é útil para chumbo ou bronze (hélices e cantoneiras). O removedor de tinta deve ser à base d' água (menos perigosa). A máquina orbital deve ser usada de forma circular para remover o produto e por seção transversal para encrespar a área de ancoragem. Use o disco areia para pontos de solda; em aço inoxidável é difícil obter encrespamento, por isso trabalhe sempre por escovamento 'cruzado'.

 

Lixa 80-120 Remoção total
180-220 Limpeza de madeira verde
240-320 Remoção de esmalte
280-320 Remoção de tinta
400-500 Lixa fina
Lixadeira a Disco Orbital / Rotororbital Grande Superficie
Cortador de Tintas Grande Superficie (Também para esmalte)
Máquina de Jateamento Ferro - Aço - Liga Leve - Cantoneiras (Lixa fina, baixa pressão)
Lixadeira de Disco Partes Soldadas - Aluminio - Ferro - Aço
Raspador Equip. Oxícetileno Madeira (exceto tintas) - Ferro - Aço
Escova de Metal Cantoneiras de Chumbo - Hélices de Bronze - Ferro - Aço

 

Promar Tintas Náuticas - Av. Anita Garibaldi, 1223 Curitiba - PR - Fone: 41 - 3254-1502